Últimas Publicações

5 Meses

O relato a seguir é adaptação de uma tradução feita pelo Rev. Oscar Lehenbauer, de uma missionária norte americana que estava trabalhando na África.

Certa noite ela foi ajudar uma mãe que estava em trabalho de parto. Infelizmente a mulher não resistiu e deixou um bebê prematuro e uma menina de dois anos. Uma das auxiliares pegou a bolsa de água quente e, quando a encheu ela se rompeu, não havia como aquecer o bebê. O bebê foi colocado o mais perto possível do fogo para se manter aquecido e a missionária pediu que as pessoas dormissem entre a porta e a criança, para que o ar noturno não atingisse.

No dia seguinte a missionária foi orar com as órfãs e falou-lhes do bebê prematuro e da sua irmãzinha de apenas dois anos, que chorava muito a perda da mãe. Durante as orações, uma garota chamada Ruth orou e pediu a Deus que enviasse uma bolsa de água quente e uma boneca para a garota que perdera a mãe. A missionária perplexa e preocupada com a fé da pequena pensou em como Deus poderia responder aquela oração. Qualquer encomenda viria dos EUA, como estavam na linha do Equador ninguém mandaria uma bolsa de água quente.

IMG_9030À tarde, quando ministrava uma aula, a missionária foi interrompida por uma auxiliar que disse que um carro parara defronte sua casa. Imediatamente ela foi para lá, o carro havia ido embora, mas havia deixado um pacote para ela. Ao abrir encontrou toda a sorte de objetos, desde alimentos até ataduras. A pequena Ruth, que acompanhava tudo de perto, se assustou quando a missionária deu um grito ao ver que junto viera uma bolsa de água quente. Ruth disse: “Se Deus mandou a bolsa, Ele também mandou a boneca”. Não se contendo, enfiou as mãos dentro da caixa e achou uma boneca.

O pacote, enviado por uma ex professora da escola bíblica da missionária, estivera em viagem por 5 meses. Muito antes da pequena Ruth orar, Deus já estava Se movimentando para atender sua oração. O Deus que não muda (Malaquias 3:6), que honrou a fé da pequena Ruth é o mesmo que ouve nossas orações. É dEle a promessa: “E será que, antes que clamem, eu responderei; estando eles ainda falando, eu os ouvirei” (Isaías 65:24). Ore, confie, Ele já está se movimentando para atender sua prece.

Gelson De Almeida Jr.5 Meses

Artigos Relacionados