Últimas Publicações

A Benção Disfarçada

“O que nos parece provação amarga, pode ser uma benção disfarçada”. Oscar Wilde


É conhecida a história do náufrago que conseguiu chegar a uma ilha, onde construiu uma pequena cabana e colocou os seus poucos pertences, e ali passava seus dias. Temente a Deus, sempre pedia ajuda para sair dali. Certo dia, saiu a procurar comida, mas ouviu o som característico de uma fogueira queimando madeira. Olhou em direção do som e viu que vinha da direção de sua cabana. Voltou correndo, mas ao chegar viu que o fogo destruíra tudo.

Desanimado e chateado, questionou Deus a razão de toda aquela desgraça. Horas depois, ainda triste e desanimado, ouviu o som da buzina de um navio, logo a seguir um barco, com alguns marinheiros, se aproximou da ilha. Disseram que se apressasse, pois haviam vindo salvá-lo. No navio, muito agradecido, perguntou ao comandante como o haviam achado, a resposta o surpreendeu:

– Vimos seu sinal de fumaça.

menina em desesperoDiariamente pedimos, e muito esperamos, que o Eterno nos abençoe. Nem sempre Ele nos responde como desejamos. Sou uma prova viva disso. Sou funcionário público e, meses atrás, ocupava um cargo de confiança. Muito satisfeito com minha posição, com o salário e com a localidade onde trabalhava, a cada dia agradecia a Deus e pedia-Lhe que isso continuasse. Mas, no final de fevereiro, meu superior imediato resolveu que deveria colocar alguém, de sua amizade, em meu lugar. Mudança de local de trabalho, salário muito menor, decepcionado e muito triste falei ao Pai que não entendia a razão de tudo aquilo.

Meses depois, fui convidado a assumir um posto, na mesma Secretaria, muito superior ao que eu ocupava. Local melhor, salário melhor e não dependeria mais da boa vontade de pessoas para permanecer no cargo. A história tem muitos detalhes que a falta de tempo e espaço não me permitem relatar, mas hoje vejo que se tivesse permanecido onde pedia ao Pai, agora não estaria onde estou.

Pedia uma benção, mas o Pai me preparava uma maior. Minha visão curta não me permitiu assim o ver quando ela começou a chegar. Nem sempre nossas bênçãos chegam de modo direto e facilmente perceptível, mas elas sempre vêm. Hoje digo que a minha veio, mas disfarçada de provação amarga.

A grande verdade é que o Eterno sempre nos abençoa, se tivermos fé e confiarmos em Seu amor e Suas promessas, desfrutaremos de modo pleno e eficaz de Suas bênçãos, bênçãos que nem imaginamos existir ou sermos capaz de receber.

Gelson De Almeida Jr.A Benção Disfarçada

Artigos Relacionados