Últimas Publicações

A canção do pasmo

No filme Esqueceram de mim o garotinho é deixado para trás na viagem de fim de ano. Além de se divertir muito com a casa inteira para ele, consegue, sozinho, colocar para correr dois ladrões de casas. Para mim, o mais inverossímil do filme não é a engenhosidade do garoto, não é nenhuma das complexas armadilhas que ele arma para os ladrões. É a cena final, quando sua mãe enfim o encontra e pergunta o que havia acontecido naqueles dias sozinho e ele sorri e diz: nada.

Quando uma coisa incrível acontece nós gritamos. Quando alcançamos algo espantoso nós não conseguimos simplesmente não contar para ninguém.

Bem, um dia alguns anjos se encontraram nessa situação. Aquele a Quem adoravam todos os dias em Sua glória e majestade havia Se reduzido até o ponto de Se fazer um feto, então um bebê e esse bebê, a própria definição da palavra da fragilidade, havia acabado de nascer.

Eles vão até uns pastores e contam o que aconteceu porque não podiam mesmo ficar calados. Não podiam simplesmente agir como se aquela fosse uma noite ordinária.

E eles cantam.awe

O incrível da situação é tal que música brota de seus lábios e aqueles humildes pastores assistiram ao show musical mais fantástico de todos os tempos, simplesmente porque aqueles anjos estavam pasmos pelo que havia acabado de acontecer.

Se música nunca brotou assim dos seus lábios, se você nunca se viu a tal ponto maravilhado que qualquer palavra não fazia sentido algum e então apenas música, louvor, encaixava no momento… bem, talvez Jesus Cristo não tenha ainda nascido nessa manjedoura que você carrega no peito.

Pare um pouco hoje.

É natal.

Pense no absurdo que é o Criador de todas as coisas sentir frio e fome e depender de dois seres humanos assustados para sobreviver.

Que este natal arranque de seus lábios a canção do pasmo.

Caso contrário, sua história termina de modo absolutamente inverossímil.

Marco Aurélio BrasilA canção do pasmo