Últimas Publicações

# Abraços e sorrisos

jesus-abracoNesta sexta se comemorou o dia do abraço. Nas redes sociais se propagaram milhares de mensagens nesse sentido. Isso é bastante positivo, pois acalma a mente e o coração de quem vive em um mundo de desequilíbrios emocionais. Muitos abraços devem ter sido dados nesse dia.

Um amigo chegou a descrever em uma meditação alguns efeitos terapêuticos do abraço. Ao final, por seu coração desejoso em compartilhar compaixão e felicidade, ele afirma – “Abraço é uma doação do indivíduo, dividindo com o próximo o que carrega de melhor no seu coração”.

Abraços são como remédios para a alma. Aqui alguns dos tipos de abraços e os efeitos terapêuticos mencionados por ele em sua meditação. O compassivo, afirma ele, ameniza os corações carregados por desamor. O fraterno move a gratidão que recebe o amparo. O abraço compreensivo é benção na forma de tolerância. O abraço do perdão é magnânimo, pois reconcilia.

Abraços fazem bem tanto para quem os entrega de braços abertos, no melhor e mais altruísta sentido do termo, quanto para quem os recebe. Abraços transmitem conforto, segurança, carinho e respeito entre tantos outros bons sentimentos. Um abraço pode desencadear um alívio enorme a alguém que esteja vivenciando angústias.

Abraços não precisam de palavras; eles dizem tudo pela maneira como são expressos. Abraços quando ausentes ou frios podem dizer muito mais do que qualquer ofensa. Podem ser cruéis. Há quem não consiga transmitir esse gesto até mesmo em família ou entre amigos, contudo não por serem pessoas ruins, mas possivelmente por viverem crenças limitantes em sua mente. A qualquer destas duas situações, toda a misericórdia.

O abraço de Deus, por fim, é algo sobrenatural e real ao mesmo tempo. Só quem se permite uma experiência real com Ele pode sentir o acolhimento desse abraço único.

E, ainda em menção à meditação desse amigo mato-grossense, em uma feliz lembrança ele ressaltou haver um tipo de abraço que já nos sustenta de longe, antes mesmo que cruzemos os braços em um abraço apertado: o sorriso. Sim, o sorriso. O sorriso, diz ele, abre todos os braços.

Ame seu semelhante. Demonstre isso. Sorria para ele. Diga a ele que o ama. Abrace a vida e seja feliz! Receba aqui um abraço do peregrino da palavra! E como diz o pastor ao final dos cultos: Não saia da igreja antes de dar uns vinte abraços!

Feliz sábado!

 

Sady Folch# Abraços e sorrisos

Artigos Relacionados