Últimas Publicações

Acabou a Eleição, e agora?

Acabou a eleição presidencial em nosso país. A mais acirrada da história de nossa República, e a que teve a campanha mais sórdida e belicosa. Confesso que nunca vi um país dividido em dois blocos tão díspares e antagônicos de forma tão clara. Pior que a campanha entre os políticos foi a atitude dos defensores de cada lado. As redes sociais ainda estão inundadas de impropérios, frases xenófobas e desrespeito à opinião alheia, mesmo por aqueles que se declaram cristãos. Parece que esta eleição revelou o lado mais obscuro da maioria das pessoas sem que disso se apercebessem.

Seu candidato ganhou, parabéns, se perdeu, conforme-se, em toda disputa existem vitoriosos e derrotados, a vida segue. Por quê fazer o jogo do inimigo e tratar de forma antiética e anticristã os que estiveram do lado contrário na campanha? Eles não são seus inimigos, como você, foram criados à imagem e semelhança de Deus e colocados neste mundo com o propósito de testemunhar do amor do Pai, se falharam paciência. O verdadeiro e único inimigo, aquele que realmente deve ser execrado e odiado é o que tem trazido discórdia e rancor no Universo há milênios. Como subversor de nossa alma busca ocasião para arruinar todos os candidatos ao Reino dos Céus.

Na eleição presidencial Dilma Roussef derrotou Aécio Neves, mas na eleição para o Reino dos Céus a derrota ocorreu nos dois lados. Tenho certeza que na eternidade veremos eleitores de Dilma e de Aécio, porquê ofender e brigar então? Felizmente, neste aspecto, ainda existe o Segundo Turno, ocasião onde poderemos rever conceitos, atitudes, pensamentos e fazer uma boa “campanha”. Se utilizarmos as palavras, a roupa (Sua Justiça) e as atitudes do Pai seremos vencedores. Não permita que algo tão banal e corriqueiro como uma eleição presidencial o faça perder o rumo no caminho para a eternidade. Ame o seu próximo, ore por ele, pois, como você, é um candidato ao Reino dos Céus.

Gelson de Almeida Jr.Acabou a Eleição, e agora?

Artigos Relacionados