Últimas Publicações

Amando Quem é melhor

Quando Adão acordou de sua anestesia geral e viu o que Deus havia feito com sua costela, a linda e maravilhosa Eva, disse “essa sim é osso dos meus ossos e carne de minha carne”. Ele se sentiu identificado. Havia alguém que lhe era compatível.

Quando você ama alguém que lhe é compatível, alguém que está no mesmo nível que você (daí porque Deus escolheu a costela, não alguma parte da cabeça ou do pé), você sente um impulso automático de servir essa pessoa. De vê-la feliz. De vê-la realizada.

Quando você ama alguém melhor do que você, ou seja, Deus, o impulso é mais parecido com aquele que você tem numa relação saudável de filho com o pai. O impulso é de obedecer.

“Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor” (João 15:10).

Amor a Deus sem obediência é mais como uma paixão. Uma coisa que arrebata seus sentidos mas não chega ao âmago do que você é. Uma coisa que morre. E pior: uma coisa que mata.

 

Marco Aurélio BrasilAmando Quem é melhor