Últimas Publicações

Amor que constrange

“Porque o amor de Cristo nos constrange… ele [Jesus] morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si…” II Coríntios 5:14 e 15

Recentemente, perguntei a uma jovem se estaria disposta a dar a vida por Cristo. Prontamente ela respondeu que sim, perguntei-lhe então, se estaria disposta a “viver por Cristo”, ela me olhou espantada e disse não haver entendido a pergunta. Falei-lhe então o que realmente significava “viver por Cristo”. Mostrei-lhe que viver por Cristo envolve deixar de lado algumas coisas e fazer outras. Muitos estão prontos a morrer por Cristo, mas poucos, a viver por Cristo.

Para morrer em meu lugar, Cristo abriu mão de muitas coisas como, deixou Sua casa e veio morar na minha, deixou de lado a divindade e assumiu minha humanidade, deixou a companhia de anjos, que o adoram dia e noite, e veio para um mundo onde foi desprezado, trocou a pureza celeste pela corrupção terrestre. Por quê? Ele não poderia ter morrido em meu lugar se ficasse nos Céus, não poderia ser meu irmão mais velho, sem viver perto de mim, jamais me diria o que fazer sem viver em circunstâncias como as minha. Enfim, para me salvar, através de Sua morte, Cristo abriu mão de tudo, apenas por me amar e querer o meu melhor.

Quando voce pensa em todo este grande amor não se sente impelido a fazer alguma coisa? Cristo abriu mão de tudo por nós, e por uma razão muito simples, Ele nos ama e quer o nosso melhor.

Gelson De Almeida Jr.Amor que constrange

Artigos Relacionados