Adriano Vargas

Último inimigo

O último inimigo a ser destruído é a morte. 1 Coríntios 15:26 NVI

Steve Jobs, em um discurso de 2005 na Universidade de Stanford, tinha isso a dizer sobre a morte: “Ninguém quer morrer. Mesmo as pessoas que querem ir para o céu não querem morrer para chegar lá. E ainda a morte é o destino que todos nós compartilhamos. Ninguém jamais escapou dela.

Há alguma verdade na declaração de Jobs. Ele está certo quando diz que a morte é o destino que todos nós compartilhamos, e ninguém jamais escapou dela. A Bíblia ainda nos diz que a morte não é um amigo. A morte é um inimigo. A morte nunca foi parte do plano original de Deus.

Quando Ele colocou Adão e Eva no Jardim do Éden, Ele lhes disse para ficar longe da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal. Mas uma vez que eles comeram do fruto proibido, o pecado entrou no mundo. E junto com o pecado veio a doença e envelhecimento e, é claro, a morte. Mas o que foi perdido nesse Jardim foi comprado na cruz do Calvário. Jesus veio para morrer na cruz para comprar de volta o que foi perdido. A Morte morreu quando Cristo ressuscitou.

A morte tinha de morrer – isso nunca foi parte do plano original de Deus.

Adriano VargasÚltimo inimigo
leia mais

Ano novo, vida nova?

Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria.”‭‭ Salmos‬ ‭90:12‬ ‭NVI‬‬

wpid-img_20151223_124900-218x150Todo fim é um novo começo. E estamos nós aqui, com uma agenda abarrotada do ano que termina, uma listinha dos desejos na mão e uma nova porta prestes a se abrir a nossa frente pra adentrar um ano novinho em folha, e olha que essa é a primeira segunda feira do ano.

Uma nova oportunidade, um novo despertar. Quando o fim chega, novas alternativas nos são oferecidas, surgem novas possibilidades para velhos hábitos. Quase sem querer, novos caminhos tomam lugar na antiga rotina, novos contornos são delineados para velhos sonhos que parecem novamente agora tão mais tangíveis.

Pode ser momento de grandes ou pequenas mudanças, de cumprir novos objetivos ou continuar planos antigos. Ou ainda, momento de contemplar tudo o que já se fez, comemorar e colher os frutos. Mas é sempre preciso encontrar o fim para recomeçar. É aí que acontece o reinício de tudo.

A gente costuma lembrar que o mundo gira. E ele dá muitas voltas. Usamos a contagem do tempo para nos impulsionar. Para reativar as energias, ganhar novo fôlego, poder estar sempre reescrevendo a nossa história. Agora é tempo de repensar atitudes, de rever pessoas queridas, de fazer planos e resgatar projetos engavetados. É tempo celebrar conquistas, de idealizar uma vida melhor, de pensar no próximo e principalmente pensar em si mesmo e em nossa experiencia com Deus. 

O fim de ano tem toda essa coisa mística das cores, simpatias, mandingas e promessas. Mas hoje, sim já é Segunda-Feira. Fazemos promessas do tipo este ano vai dar para realizar a tão sonhada viagem, vai dar para acabar os estudos ou apenas dar conta da pilha de livros que se acumulou na estante esperando algumas horas de dedicação. Vai dar para levar um vida mais saudável, iniciar uma atividade física e ser mais disponível a quem amamos e a quem precisa. Este ano vai ser o que Deus quiser que ele seja.

Quem não tem um sonho para realizar em 2016? Em 2016 quero ser mais Dele e menos de mim…

Adriano VargasAno novo, vida nova?
leia mais

Sim, sem dúvida. 

Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. ‭‭1 Timóteo‬ ‭2:3-4‬ ‭NVI‬‬

Às vezes as pessoas perguntam: “Você acha que Deus ouviria a oração de uma pessoa má ainda que ela clamasse nos últimos momentos de sua vida — mesmo que ela tivesse feito coisas horríveis? Deus perdoaria uma pessoa como essa?

Sim, sem dúvida.

Às vezes alguns de nossos amados morrem sem sequer nunca ter feito uma profissão de fé. E pode ser que concluamos que eles não tem direito de salvação. Mas nós não sabemos.

humble_prayerVocê estava com seu amigo nos últimos momentos de sua vida? Onde você estava quando seu ente querido deu o último suspiro? Como você pode saber se eles não clamaram a Jesus?

Aqui está o que eu e você realmente sabemos: Deus os amou e queria que fossem salvos. É o que o texto de hoje diz que, Deus “quer que todos sejam salvos e venham a conhecer a verdade..

Quando Judas chegou no Jardim do Getsêmani para trair Jesus, Jesus o disse: “Amigo, o que você vai fazer faça agora.” (Mateus 26:50). Jesus estava dando a Judas a última chance de se arrepender.

E eu acredito que se Judas tivesse parado e dito: “Senhor, eu errei. Eu não sei o que eu estava pensando. Me perdoa,” então Jesus o teria perdoado. Por que?

Porque Deus diz, “Eu, o SENHOR Deus, não me alegro com a morte de um pecador. Eu gostaria que ele parasse de fazer o mal e vivesse. Povo de Israel, pare de fazer o mal” (Ezequiel 33:11). Jesus amou Judas até o fim. Ele era Seu amigo. Mas Seu amigo O traiu, e isto partiu Seu coração.

Eu não quero dar uma falsa segurança e sugerir que todos estarão no céu, porque eles não estarão. Mas eu estou dizendo que se eles clamaram ao Senhor nos últimos momentos de suas vidas, Ele os perdoou e os absolveu sim, sem dúvidas! 

Adriano VargasSim, sem dúvida. 
leia mais

O Deus dentro da gaveta 

“um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos”. Efésios‬ ‭4:6 NVI

A maioria de nós encara a vida como uma laranja e pensa que o Eterno é um dos gomos. Funciona mais ou menos assim: interagimos com o trabalho, com o lazer, com dinheiro, com as pessoas, com o corpo, com a igreja, e por aí vai, também interagimos com o Eterno – Deus é uma das nossas interações. Mas essa é uma concepção errada da realidade.

O correto é compreender que o Eterno está presente em cada uma das realidades com as quais convivemos, e, inclusive em nós mesmos.

A única relação imediata que temos é com o Eterno (imediato, do lat. immediatu, que não tem nada de permeio), todas as outras são mediatas (mediato, do lat. mediatu, que está em relação com uma coisa por intermédio de uma terceira; indireto). Isso significa que um sabiá somente fará sentido quando entre nós e ele o Eterno estiver presente; a sequência de dias e noites fará sentido apenas quando o Eterno tomar parte no dia e na noite. O mundo somente faz sentido quando mediado pelo Eterno, quando entre nós e o mundo, Deus estiver no permeio. O encontro com Deus deve ocorrer “não ao lado, dentro ou acima do mundo, mas justamente com o mundo, no mundo e através do mundo. O Eterno somente é real e significativo para o ser humano se emergir das profundezas de sua própria experiência no mundo com os outros”.

O grande problema da maioria dos religiosos é que desejam o relacionamento direto com o Eterno, sem incluir as realidades criadas como ambiente da experiência. Querem se aproximar do Etetno sem os sabiás, os filhos, o trabalho, o dinheiro e tudo o mais, como se pudessem abrir uma gaveta, colocar Deus lá dentro e deixar toda a realidade do lado de fora. Estão no avesso dos materialistas: querem se relacionar com os sabiás, os filhos, o trabalho, o dinheiro, e tudo o mais, deixando o Eterno de lado. Ambos estão em situação difícil. Para os primeiros, o Eterno não faz sentido. Para os outros, o mundo é que não faz.

Essa é a grande descoberta e o grande susto do patriarca, Jacó, após sua experiência espiritual: “O SENHOR está neste lugar, e eu não o sabia“. A partir disso deveríamos necessariamente perguntar: onde mais o Eterno esteve sem que eu o soubesse?, e, principalmente, por que não fui capaz de perceber o Eterno estando ele aqui? 

As respostas seriam simples: o Eterno esteve e está em todo lugar, e eu não fui capaz de percebê–lo simplesmente porque não estava a procurá–lo aqui, mas acolá, ou simplesmente porque jamais imaginei que ele pudesse estar aqui.

Aquele que deseja experimentar o Eterno deve se aproximar dele levando consigo os sabiás, as palmeiras e a terra. E quem deseja experimentar a plenitude dos sabiás, das palmeiras e da terra deve se aproximar deles a partir de sua experiência real com Deus. Assim, reconciliamos Deus com sua criação, e a criação com seu Deus.

Adriano VargasO Deus dentro da gaveta 
leia mais

Nosso artilheiro…

O teu Deus, a quem tu continuamente serves, ele te livrará.” Daniel 6:16 ARC

Já imaginou como foi a situação de Daniel quando foi jogador na cova dos leões, com perspectivas não muito melhores que as de Jonas? Sim, aquele que esteve dentro de um grande peixe, pronto para ser digerido no seu ventre.

Um foi engolido, já o outro estava prestes a ser não só engolido, como mastigado também…ah! Não posso esquecer do José do Egito, que foi empurrado por seus irmãos para um poço, no meio o deserto.

Algo em comum entre esses três homens? Todos ficaram presos em uma armadilha. Sem opção. Sem saída. Sem esperança. Experiencias de quase morte.

O texto bíblico está cheio de histórias assim. Pessoas que exergaram a morte de perto. Momentos cruciais, em que parecia não haver mais solução…o único jeito era balbuciar uma oração, apenas um murmúrio, ou mesmo um pensamento no Eterno…e o socorro devido oportunamente se faz presente.

Aos 45 minutos do segundo tempo, quando a derrota parece inevitável, o artilheiro vai lá e faz dois gols e salva o time! Nosso artilheiro é o Cristo. Mesmo quando achamos que o jogo está pedido, Ele está pronto para reverter o placar e garantir nossa vitória, ainda que isso contrarie as expectativa, estatisticas ou previsoes.

Adriano VargasNosso artilheiro…
leia mais

Aí sim!

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” Mateus 11:28 ARA

O Cristo não pode ser apenas uma entre as varias opções disponíveis em sua vida. Enquanto você acredita que pode levar as suas cargas sozinho, você não poderá contar com ajuda alguma. Se você vive o seu dia a dia de modo a não reconhecer as pressões que te afligem e como precisa de ajuda, você não pode receber o conforto necessario.

Enquanto você achar que tem a opção de aceitar ou recusar a ajuda do Cristo, você  pode deixá-lo. Por que? Porque ele não  pode ser aceito de modo indiferente, como se fosse apenas mais um acessorio em sua vida. 

A medida que você lamenta ao sentir pesar por seus pecados, quando admite que não conseguirá continuar a caminhada e precisará entregar àlguem tudo o que te incomoda, e quando verdadeiramnete não existir outra pessoa com quem você queira e precise conversar… 

Aí sim, poderá abrir mão de todos os seus problemas e aflições e depositá-los aos cuidados do Cristo, tendo a certeza que no meio das tempentades, Ele estará esperando para te acolher e ajudar.

Adriano VargasAí sim!
leia mais

Por que é tão difícil confiar?

Quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram. Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempo.” Mateus‬ ‭28:17-20‬ ‭NVI‬‬

Vamos ser honestos – as dúvidas são uma realidade na fé cristã. Fé, em sua essência, é o “firme fundamento das coisas que se esperam, a confiança de que as coisas não vêem” (Hebreus 11. 1). No versículo de Matheus 28:17-20 vemos algo surpreendente. Depois de Sua morte e ressurreição, o Cristo está de pé na frente de seus discípulos, ensinando-os, e ainda “alguns duvidaram.” 

Como poderiam duvidar? Eu, sempre penso: Como é que eu vou contar aos outros sobre Jesus quando Seus próprios discípulos tiveram dificuldades em acreditar?

Os Apóstolos lutavam para acreditar, eles foram facilmente distraídos, e a dúvida era uma realidade em suas vidas. E, no entanto o Cristo ainda os amava e foi gentil para com eles, mesmo em sua dúvida. Assim é na vida cristã hoje. O fato de que você duvida não te desqualifica das bênçãos ou obras do Reino. Não deixe sua dúvida causar silêncio sobre sua fé. Em vez disso, seja honesto sobre suas dúvidas, vá ao Eterno  para obter respostas, e Ele será fiel. À medida que crescemos em nosso relacionamento com o Cristo, peça para Ele responder às suas perguntas e dúvidas.

Esse texto é conhecido como “A Grande Comissão“, a vocação de cada crente em ir e espalhar a notícia do Cristo e o que isso significa para todo aquele que crê. No fundo deste mandamento há uma pequena promessa. O Cristo disse: “e eis que eu estou convosco todos os dias“. O Cristo deu aos discípulos uma visão de quando eles poderiam experimentar a Sua proximidade. É quando eles vão.

Quando você é obediente em compartilhar a notícia de Seu amor e paz, quando você assume o risco de evangelizar, orar por alguém que não conhece, mantendo sua fé mesmo quando nos custa alguma reputação, Jesus diz que Ele é com você . Ele está próximo.

Você é o embaixador de Cristo para aqueles que precisam de Jesus em sua casa, seu bairro, seu local de trabalho e sua cidade. Deus está com você. Se Deus é por você, quem pode ser contra você?

Adriano VargasPor que é tão difícil confiar?
leia mais

Resposta pronta

Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
Romanos‬ ‭8:28-29‬ ‭NVI‬

A semana mal começou e já está ruim? Isso acontece com todos nós, e às vezes uma semana ruim pode se transformar em um mês ruim. A pergunta mais importante é: Você sente que você pode compartilhar as boas novas de Jesus, mesmo quando sua vida está um caos? Talvez você falhou em um teste, o carro enguiçou e o aluguel está com três semanas de atraso. Como você responde? A mensagem do cristianismo não é que as coisas ruins não vão acontecer com você nunca mais, mas sim que Deus vai usar essas circunstâncias ruins para o seu bem e para a Sua glória (Romanos 8: 28-29).

Quando seus amigos e família vêem que sua vida está em crise mas que você não se sente sobrecarregado, eles coçam a cabeça e dizem: “Como é que você pode sorrir, mesmo quando tudo está indo tão errado?” Ou talvez fazem um simples comentário como “eu queria poder lidar com coisas como você faz.” Esse é o momento em que você precisa ter aquela “resposta pronta” 1 Pedro 3:15 fala sobre a verdade pura e simples sobre sua fé, o seu Deus e seu futuro. Os momentos difíceis podem ser uma oportunidade para que o Evangelho seja proclamado!

Talvez você está esperando a “oportunidade perfeita” para compartilhar sua fé. Mas em Mateus 28:19, Jesus diz aos seus discípulos para ir, e indo eles estão fazendo discípulos. Isto significa que você estando no mercado, trabalhando, e sim, mesmo vivendo através de circunstâncias difíceis, você está compartilhando a esperança de Jesus Cristo com aqueles que estão a sua volta. 

Todos os dias temos momento e oportunidades de mostrar através das nossas vidas, para surpreender, para responder a perguntas, e para termos uma resposta pronta para a nossa esperança.

Adriano VargasResposta pronta
leia mais

#prontofalei

Digo a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra. Todo aquele que desobedecer a um desses mandamentos, ainda que dos menores, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será chamado menor no Reino dos céus; mas todo aquele que praticar e ensinar estes mandamentos será chamado grande no Reino dos céus. Pois eu digo que, se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no Reino dos céus. Mateus‬ ‭5:18-20‬ ‭NVI‬‬

Se você tem sido um seguidor de Jesus por algum tempo, sem dúvida você vai ter ouvido histórias de trabalho missionário em terras distantes e grupos de pessoas não alcançados anteriormente onde um cristão trouxe a mensagem de Jesus e viu a transformação radical.

Encorajador, não é? Sim, e possivelmente não.

Você pode estar se perguntando: “Qual aldeia distante posso alcançar? Se Deus me mandasse para algum lugar assim, então eu seria totalmente um missionário e veria essas coisas incríveis acontecerem!” Talvez nós começamos citando errado Isaías: “Envie-me Senhor, eu irei!

Na leitura bíblica de hoje, estamos no final de uma tal transformação incrível, onde um homem endemoninhado e isolado é restaurado e curado por Jesus; uma imagem do evangelho em ação. O homem responde como nós: “Jesus, me leve com você para o outro lado.” Ele queria deixar sua casa e tornar-se um missionário com Jesus em uma terra distante. Parece um bom pedido, certo? Mas Jesus diz que não.

Em primeiro lugar Jesus pediu a este homem para espalhar a notícia de sua transformação exatamente onde estava, com sua família e amigos, em sua casa.

Você e eu já estamos exatamente onde precisamos estar, a fim de compartilhar o evangelho. Você tem tudo que você precisa para ser um missionário. É hora de começar a contar “as coisas boas que o Senhor tem feito por você” exatamente onde você está.

Pensar na família, vizinhança, escola ou local de trabalho que Deus colocou você, e peça a Deus para lhe dar oportunidades de compartilhar sua boa nova com aqueles ao seu redor.

Adriano Vargas#prontofalei
leia mais

– Eu tenho medo

O Senhor se voltou para ele e disse: “Com a força que você tem, vá libertar Israel das mãos de Midiã. Não sou eu quem o está enviando?” “Ah, Senhor”, respondeu Gideão, “como posso libertar Israel? Meu clã é o menos importante de Manassés, e eu sou o menor da minha família”. “Eu estarei com você”, respondeu o Senhor, “e você derrotará todos os midianitas como se fossem um só homem”. Juízes‬ ‭6:14-16‬ ‭NVI‬

Você sente medo de testemunhar sua fé com seus colegas de trabalho, familiares ou até mesmo estranhos? Se assim for, então você está em ótima companhia. A maioria das pessoas têm medo de compartilhar sua fé para uma das razões abaixo. Veja em quantas delas você se aplica:

– Eu tenho medo de ser rejeitado.

– Eu tenho medo do que as pessoas vão pensar de mim.

– Eu não sei o suficiente para ser capaz de compartilhar com os outros.

– Eu não sei como responder às perguntas que surgem.

– Talvez a pessoa com quem estou compartilhando reagirá negativamente.

Em Juízes 6, somos apresentados à história de Gideão, um homem que também estava com medo, e por boas razões. Ele viveu em uma época em que os filhos de Israel foram brutalmente oprimidos pelos midianitas e os amalequitas. Gideão era apenas um cara normal tentando ganhar a vida como um agricultor, enquanto tentava se desvencilhar de seus opressores.

Mas um dia o Anjo do Senhor apareceu a Gideão e lhe disse para enfrentar e lutar contra seu inimigo. Deus disse a Gideão que ele estava destinado a salvar Israel dos midianitas, mas Gideão estava com medo, e ele deu a Deus uma lista de razões pelas quais ele não era o homem para o trabalho. Ele não podia, sozinho, salvar Israel! Seu clã foi o menor e mais fraco em toda a Israel, e ele era de fato o mais fraco em toda a sua família! Certamente Deus tinha cometido um erro. Deus não estava interessado na força de Gideão, mas em sua fraqueza, e Ele respondeu a Gideão: “Certamente eu estarei com você, e você deve derrotar os midianitas como se fossem um só homem.

Não importa as dúvidas a respeito de porque você não pode testemunhar  sua fé, Deus hoje está lhe dizendo: “Certamente eu estarei com você.” Seja qual for a montanha aparentemente intransponível que estiver na sua frente, Deus vai ajudá-lo a superá-la. Você nunca está sozinho quando compartilha sua fé; Deus está sempre com você. Em sua fraqueza, Ele é forte.

Tome um momento para pedir a Deus para revelar seus medos de ser uma testemunha de Jesus. Talvez agora é a hora de ser um pouco mais ousado. 

Adriano Vargas– Eu tenho medo
leia mais