Últimas Publicações

Corte a corda

corda cortadaGosto da ilustração do alpinista que resolveu escalar o pico mais alto de sua região, mas, desejoso que era de glória e reconhecimento pessoais, contrariando as regras mais básicas do alpinismo, fez a escalada sozinho. Na data escolhida iniciou a escalada. Quando a tarde chegou, e seria necessária uma pausa para acampar, foi que se deu conta de que não se preparara para isso. Resolveu continuar a escalada até o cume da montanha, mas a noite chegou rapidamente e ele não enxergava um palmo sequer à sua frente.

A poucos metros do cume seu pé resvala e ele desaba, caindo numa velocidade descomunal. Muito mais rápido que sua queda eram os pensamentos que passavam por sua mente. Quanta coisa fizera, mas quanto ainda queria fazer! Enquanto esses pensamentos povoavam sua mente sente um violento tranco, a corda se esticara toda e ele quase se partira em dois. Ficou preso no ar, os grampos que fixara e a corda impediram o desfecho trágico em sua queda. Em desespero grita:

– Oh meu Deus, me ajude.

– O que você quer de Mim, meu filho?

Em prantos ele pede para ser salvo.

A voz indaga: – Você acredita realmente que Eu posso lhe salvar?

– Sim Senhor, acredito.

– Então corte a corda que o mantém pendurado.

Após um silêncio devastador o homem se apegou mais fortemente à corda e não a soltou de modo algum.

Dias depois, foi encontrado congelado, morto, com as duas mãos segurando fortemente a corda, a apenas dois metros do chão.

O alpinista fez a escalada e deixou o Eterno de lado, mesmo assim, no momento de maior desespero, foi atendido. Disse que confiava, ouviu o que tinha que fazer, mas falhou na hora de mostrar confiança e obedecer. O resultado foi trágico, sua morte.

Acabamos de iniciar um novo ano. Infelizmente, virão as ocasiões em que você se verá em situação parecida com a do pobre alpinista. Não faça como ele que se apegou à corda e deixou de lado a voz de Deus. Ouça-O, e se Ele mandar cortar a corda faça-o sem pensar duas vezes, é uma questão de salvação.

Gelson De Almeida Jr.Corte a corda

Artigos Relacionados