Últimas Publicações

Cumprimento – Aperfeiçoamento

VivaNestes dias meditei sobre a questão da vivência da fé efetiva, pois há muitos que apenas se apropriam de frases poderosas das escrituras, acreditando que isso seja viver pela fé.

É preciso dizer que, de certa forma, não se trata de um engano, afinal, se devidamente compreendidas, sobretudo o contexto em que foram criadas, vividas e pronunciadas pelos heróis da fé, apossar-se delas para declará-las em nossa vida é perfeitamente legítimo.

O que procurei ressaltar naquele texto foi a necessidade de se ter uma experiência pessoal e real com Deus, compreendendo, portanto, o entendimento profundo dessas frases. Acreditar que simplesmente Deus atuará em nossa vida sem que haja um passo sequer em sua direção, da transformação, é tolice, a não ser que por Ele mesmo, exista algum propósito em que o chamado encontre razão abrangente que o justifique.

O que disse o Senhor pela voz do profeta Jeremias: – “…buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. E então Eu me deixarei ser encontrado por vós“. Eis uma situação em que o Senhor se revela literalmente, proporcionando uma experiência real com Ele. Contudo, veja que uma prática diferenciada é aqui ressaltada. O verso diz anteriormente a essa passagem que devemos o invocar, orar a Ele.

A prática dos mandamentos é o caminho que nos leva não apenas à compreensão da obra, mas, sobretudo à essa experiência que torna a vida um diferencial nessa existência humana. E cumpre dizer, devidamente transformada.

O que diz a palavra sobre a fé? “A fé vem pelo ouvir a palavra de Deus“. O alimento da palavra é o que faz surgir em nós a fé, contudo, ela não é algo inerente ao ser humano, pois a fé, também diz a palavra, é dom de Deus que nos proporciona vivermos certos de que seremos salvos pela graça.

O posicionamento é tudo no mundo, especialmente quando ele ocorre pela razão maior de nossa existência: alcançarmos o alvo que é a nossa salvação, garantida por Cristo na cruz, contudo, necessária que sua busca se dê rumo ao mandamento, e assim conhecendo o Senhor, afinal, João escreveu em sua carta que “aquele que diz: ‘Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade’.”

Como saber que estamos nele? Também João responde: “qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado“. Viver dessa forma é tudo o que precisamos.

Sadi – O Peregrino da Palavra

Sady FolchCumprimento – Aperfeiçoamento

Artigos Relacionados