Últimas Publicações

Fiel a Toda Prova

fiel-a-toda-provaGosto da ilustração da jovem escocesa que, mesmo em meio a perseguição religiosa contra cristãos evangélicos, se dirigia à igreja para assistir o culto dominical. No meio do caminho encontrou soldados que lhe perguntaram para onde ia. Sua situação era terrível, se contasse a verdade seria presa, se mentisse escaparia, mas desagradaria ao Pai. Pela segunda vez o soldado pergunta para onde ia e ela responde:

– Estou a caminho da casa do meu Pai. Meu irmão mais velho morreu, hoje será lido o testamento e tenho muito interesse em saber o que está escrito nele.

Foi-lhe então permitido continuar sua jornada.

Uma ilustração simples, mas de profundo significado e da qual podemos extrair grandes lições, mas quero me deter em apenas duas, que iniciarei com duas perguntas. Com qual frequência você vai à casa do Pai e o que busca quando para lá se dirige?

As desculpas para não se frequentar as reuniões na igreja são as mais variadas. O pior de tudo é que achamos que todas são válidas para justificar nossa ausência na casa do Pai. Em situação tão triste estão aqueles que vão à casa do Pai, mas não mostram muito interesse no que lá acontece, mal sabem o que se passa “lá na frente”. Furtam-se de participar em programas onde haja necessidade de maior envolvimento ou dedicação, comprometimento é palavra desconhecida em seu dicionário. Mesmo em face da morte, a jovem da história procurava ser fiel nesses aspectos.

O Pai deu o Filho por você, O Filho morreu por você e ambos deixaram Sua Palavra para você.  Analisando sua vida, alguma coisa precisa ser mudada?

Gelson De Almeida Jr.Fiel a Toda Prova

Artigos Relacionados