Últimas Publicações

Por que se preocupar?

Gosto muito de esportes e, sempre que possível, acompanho disputas de diversas modalidades. Lembro de como fiquei tenso ao assistir uma partida de futebol em que estava em jogo o título mundial. Terminado o jogo fiquei aliviado, o time para o qual estava torcendo havia se tornado campeão. Hoje, anos após esse dia, posso ver o mesmo jogo, ou lances dele, sem sentir a emoção e ansiedade que senti no momento da disputa. A razão é simples, já sei o resultado e isto me acalma.

Durante Seu ministério Cristo enfrentou situações onde pessoas aflitas o procuravam afim de obter solução para problemas, humanamente falando, insolúveis. Por pior que fosse a situação, mesmo quando Seu melhor amigo faleceu, o Mestre nunca perdeu a calma, Ele sabia o resultado final, e sempre era muito bom.

Diariamente nos deparamos com situações que nos trazem ansiedade, preocupação, temor, e até desespero, sentimentos oriundos da nossa impotência diante dos fatos e da incapacidade de saber como tudo se resolverá, mas não precisa ser assim, Cristo nos convida a trocar de fardo com Ele, deixando o pesado em Suas mãos e tomando o Seu, que é leve (Mateus 11:28-30).

Experimente fazer isso, você verá que sua vida será muito mais tranquila e feliz se aprender a depositar o fardo de sua vida nas mãos dAquele que sabe o fim desde o princípio (Isaías 46:10), que sabe o que falaremos antes de a palavra se formar em nossa boca (Salmo 139:4) e que nos ama com amor eterno (Jeremias 31:3). Deixe-O tomar conta da situação, Ele nunca passou susto ou sobressalto, Ele sabe como tudo acabará. A vida pode nos trazer sobressaltos, mas Cristo nos devolve a paz, a paz verdadeira (João 14:27).

Gelson De Almeida Jr.Por que se preocupar?

Artigos Relacionados