Últimas Publicações

Sempre ao nosso alcance…

Àquele que se lembrou de nós quando fomos humilhados O seu amor dura para sempre! Salmo 136:23

Se há algo que me impressiona sempre no amor de Deus, esse algo é o mistério da encarnação. Sim, o Eterno decidiu torna-se conhecido por meio do corpo de um ser humano.

Era humana língua que ordenou ao defunto deixar sua sepultura. A mão que tocou o homem leproso tinha sujeira embaixo das unhas. Eram calejados e empoeirados os pés sobre os quais a mulher chorou. E seu choro…sim, não esconda suas lágrimas…brotaram de um coração tão ferido como o seu ou meu já foram.

Dessa forma as pessoas o procuravam. E como elas iam a ele. Era ao anoitecer; procuravam encostar nele durante suas peregrinações, acompanhavam-o pela praia; pediam que fosse até suas casas, colocavam as crianças sobre seus joelhos. E qual a razão de tudo isso? O Cristo não aceitava ser como uma estátua emoldurada numa catedral ou ser tratado como um religioso numa plataforma. Pelo contrário, o Cristo quis estar mais próximo, ser acessível e troçável.

Cristo nunca se afasta daqueles que o amam. Quando se retirou da presença dos seus discípulos, deixou o Espírito Santo para habitar em nós. Ele está sempre ao nosso alcance…

20140706-223805-81485644.jpg

Foto tirada no torneio de futebol no Unasp com o curso de teologia

Adriano VargasSempre ao nosso alcance…

Artigos Relacionados