Publicações com Confiança

10 leprosos – Parte 3

saíram-lhe ao encontro dez homens leprosos, os quais pararam de longe; E levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós”. Lucas 17:12-13

Gelson de Almeida Jr.10 leprosos – Parte 3
leia mais

# Uma Vida com Sentido

Aproveito a deixa do pastor sobre a necessidade dos pais, membros da igreja adventista, em proporcionarem aos seus filhos a oportunidade de participarem do Clube dos Desbravadores, para mencionar algumas ideias sobre saúde e alimentação. O Clube dos desbravadores é uma perfeita extensão da boa formação que já acontece na igreja, pois reitera não apenas os princípios cristãos ensinados nos cultos e em casa, mas também ao desenvolver suas atividades, ensina-os o convívio em grupo e o respeito a ele inerente, sem dizer que esclarece desde cedo as benesses dos princípios de saúde às nossas crianças, adultos que serão daqui a quinze, vinte anos.

É como diz a passagem bíblica. “Ensina a criança o bom caminho que deve andar, e mesmo quando for velho não se desviará dele” (Prov.22:6). Há um documentário na internet chamado “muito além do peso”. Nele se retrata os hábitos alimentares das crianças brasileiras. É bastante esclarecedor; para não dizer aterrorizante. E de fato esta é a palavra mais certa que resume o quadro vivido pela geração que irá renovar a sociedade com novas famílias e novos profissionais daqui a dezoito, vinte anos.

Entre as crianças entrevistadas em meio ao panorama do recreio, todas sem exceção comiam uma sacola de biscoitos ou bolos processados, acompanhados de achocolatados ou sucos de caixinha. E segundo elas mesmas, seria uma vergonha comer uma fruta na hora do recreio, pois seriam diferentes de todos à sua volta, e criança nenhuma quer passar por isso. Nem preciso dizer que as mais obesas sentem-se cansadas na hora da educação física.

O resultado parcial disso, enganoso em todo o contexto, é uma população adulta convencida pelos alimentos industrializados. O resultado são crianças cansadas ao mínimo esforço que façam. Moral da história acaba na preferência de dez em dez crianças do mundo, por ficarem 5 horas em frente da televisão. Apertar um botão em jogos eletrônicos em um quarto fechado, acompanhado de um saco de batatas fritas e refrigerante parece ser o paraíso de muitas delas.

Enfim, é a sociedade em que vivemos, e estamos no mundo, mas lembremos sempre, não somos do mundo, e podemos e devemos nos transformar, e aos nossos filhos, pela renovação de nossa mente, para conhecermos qual a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.

Princípios de saúde adventistas tais como – ar puro; luz solar; descanso; exercício físico; ingestão de água e alimentação apropriada são práticas que todos devem buscar para estarem bem física e espiritualmente. E são estas algumas das práticas ensinadas às crianças no Clube dos Desbravadores.

Por isso, pais, vocês que têm filhos pequenos, não deixem de seguir o bom exemplo dos pastores da Nova Semente, e neste domingo, assim como no próximo, às 9 da manhã, se dirijam à sede da Central Paulistana na Rua Taguá, no bairro da Liberdade, e conheçam mais sobre o que seus filhos poderão aprender no Clube dos Desbravadores para se tornarem adultos saudáveis, e assim não terem que um dia darem a resposta que deu uma das crianças entrevistadas no documentário acima mencionado.

Ao ser questionada se lhe faltava alguma coisa em sua vida, a criança de dez, onze anos, pertencente à classe média, com um saco de biscoitos na mão, respondeu: Falta sentido!

Shalom Aleichem!

 adi – Um Peregrino da Palavra

Sady Folch# Uma Vida com Sentido
leia mais

# A sabedoria da Palavra

Só mesmo a sabedoria da Palavra, que nos diz como posicionar as velas em proveito dos ventos, a fim de navegarmos com firmeza em meio às tempestades que nos golpeiam, tornar-nos-á reconhecidamente vencedores, fazendo-nos surgir incólumes pela transparência que nos permitirá navegar as águas tranquilas. 

Shabbat Shalom!

adi – Um Peregrino da Palavra

Sady Folch# A sabedoria da Palavra
leia mais

# O meu Redentor vive !

No dia 07 deste mês houve um Tsunami nas ilhas Salomão em decorrência de forte terremoto. Pensei. Este é um fenômeno natural ao qual não estávamos acostumados a ver até há pouco tempo, e que parece ter se repetido com certa frequência. Causa da movimentação das placas tectônicas. Afinal, o planeta está vivo.

Agora, o que de fato causou-me surpresa foram as ocorrências desta semana que vieram diretamente do espaço. Um corpo celeste explodiu no ar na quarta-feira (13) na cidade de Rodas em Cuba, produzindo uma forte luz e causando tremor nas casas. Um meteorito nesta sexta (15) atingiu uma cidade russa e causou estragos em diversos edifícios, deixando centenas de feridos. E pra piorar a situação um asteroide passou a 27 mil Km da terra, ou seja, abaixo dos nossos satélites geoestacionários que ficam a 35 mil Km, fato este inusitado para um corpo celeste tão grande ter se aproximado tanto da terra. É notório que também o universo está vivo.

Não restam dúvidas que foram dias cheios de acontecimentos que, no mínimo, deixaram em polvorosa até aos mais céticos dos homens quanto à possibilidade do final dos tempos. Em especial porque a possibilidade já vinha sendo novamente aventada – pós 21/12/12 – quando do anúncio também nesta semana, sobre a renúncia do Papa, fato este a que alguém imediatamente relacionou com profecias. Perceba o leitor como também os boatos são vivos!

No entanto, tais agitações servem apenas para vender notícias, especular hipóteses, pois, aqueles que conhecem as profecias, sabem que determinados acontecimentos precisos deverão ocorrer para que enfim presenciemos o pouco tempo que precederá a volta de Jesus. Ademais, tais correlações que hoje fazem com o final dos tempos, nem sempre têm incluída a volta de Cristo.

Uma pena que pensem assim, pois, Ele está à porta, e tolo é aquele que despreza os mandamentos e a fé em Jesus, sem permanecer firme no caminho da santificação pessoal, dependente exclusivamente de Deus, obediente de forma a expressar a liberdade que há em Cristo, sendo todos esses, os procedimentos que nos conduzem seguros na busca da salvação e da vida eterna.

Portanto, bem nos lembram os pastores para não temermos, ao tempo em que melhor nos alertam para que tenhamos em mente a mensagem – Vigiai, porque não sabeis o dia nem a hora que o Filho do homem há de vir. Sábio aquele que a isso ouvir e viver, pois não será surpreendido. De todas as coisas que pareçam vivas ao nosso redor, uma apenas pode ser assim conceituada por toda a eternidade – Eu sei que o meu redentor vive! (Jó 19:25).

  Shabbat Shalom !

Sadi – Um Peregrino da Palavra

Sady Folch# O meu Redentor vive !
leia mais

# Construindo um novo homem

Estive ao longo desta semana meditando nas palavras do pastor Kleber que deram conteúdo ao  segundo episódio da série – Em Obras – no sábado à tarde. Dizia ele reproduzindo a sabedoria colhida dos frutos bíblicos: “Se você buscar por vitórias em sua existência mantenha sua vida baseada pela fé, e para tanto, viva com confiança; tenha uma atitude positiva; viva com coragem; viva mediante obediência a Deus”.  Isto trouxe a mim um ponto de vista diante da vida bastante esclarecedor, pelo tanto que se tornou renovador de meus pensamentos.

Uma irmã que é membro da Nova Semente, na manhã deste sábado testemunhou algo importante. Cremos muitas vezes que somos seguros de nós mesmos, mas há momentos em que a vida nos leva a provações onde corremos o risco de questionar a fé e mesmo perdê-la. Isso pode acontecer com um pastor, como disse ela ao ouvir um testemunho semelhante.

Acreditar na Palavra por ser a verdade, é no mínimo uma atitude sábia; Respeitar ao Espírito de Deus, demonstração de prudência; temer a Deus como o princípio da sabedoria, comprovação de que anda pelo caminho certo. No entanto, ainda assim, mesmo com o reconhecimento de todos estes bons testemunhos, podemos andar vacilantes pela vida, sem perceber que o frasco que contém o antídoto para uma vida de vitórias esteja presente em dois aspectos muito próximos de nós quando conhecemos a mensagem de salvação. O conhecimento prático da Palavra e a entrega total de nossa vida nas mãos de Deus.

Todos nós precisamos dessa dependência. Alguém pode achar que conhecendo a palavra profundamente, participando dos cultos, dizendo sábias palavras e se comportando exemplarmente em meio aos irmãos seja o bastante para transformar sua vida. E o é, se de fato entregar sua vida em dependência total a Deus.

Incertezas, medos, sentimento de inferioridade e pessimismo são produtos de uma vida que ainda não foi transformada, não se entregou ao novo nascimento, continua presa ao passado, aos falsos julgamentos que se lhe atribuíram em outros tempos, e pior, por pessoas que não conhecem o reino de Deus. Não temas, diz o Senhor. Não temas, o reafirma nosso Salvador Jesus Cristo. Não temas, repetem os pastores incansavelmente ao longo dos cultos, anos após anos.  O que falta a nós para que tenhamos o monte em nossas mãos?

A resposta tem sido dada há milênios desde que as escrituras começaram a ser escritas. Foi repetida há uma semana durante a série – Em Obras – pelo pastor. Olhar as coisas ao redor com fé.  Olhar o futuro com confiança, pois a fé gera a confiança. Ter uma atitude positiva, pois o Senhor é conosco e vai a nossa frente quando estamos com Ele. Viver com coragem para vencer, pois o Senhor nos garante – Não temas, Eu estou contigo. Se Deus é por nós quem será contra nós? E enfim, tudo isto só poderá acontecer mediante um novo nascimento, se obedecermos a Deus. Esse é o segredo. Obediência. Aí então podemos pedir: Senhor, dá-me este monte! E por maior e mais alto que seja, Ele o entregará em nossas mãos.

Shalom Aleichem!

Ṣadi – Um Peregrino da Palavra

Sady Folch# Construindo um novo homem
leia mais

#equilíbrio

20130121-223528.jpg

Já arrebentei minha cabeça em uma ladeira de nada. Tomei rasteira. Derrapei de bicicleta no paralelepípedo completamente seco em meu bairro. E olha que sou um trintão viciado em volei, corro e adoro pipoca – um bom rapaz, rs. Sério.

Por anos ignorei o mistério do equilíbrio, sim equilíbrio. Para mim, essa era aptidão inata – alguns a têm, outros não. Ledo engano. Você pode treinar para adquirir equilíbrio, assim como faz pra ter força, potência e resistência. Não é algo incrível? Ainda mais fazendo as devidas relações com equilíbrio na vida emocional, social e espiritual….

Ficou claro o quanto era ruim nesse quesito quando tentei patinar, só tentei. Antes dos dez minutos deslizando, um amigo me disse: “Cara, pode soltar a minha mão? Além de ser estranho a cena, você esta fazendo eu perder o equilíbrio”. Ele não caiu nenhuma vez em toda hora seguinte. Mas eu, sem a mão amiga para me estabilizar, beijei o chão meia dúzia de vezes, e percebi que não nasci pra isso.

Como sofri muitas vez por causa dessa lacuna, a falta de equilíbrio, comecei a aprender mais sobre o assunto. Descobri que sinceramente o estado de estabilidade pode ajudar a levantar mais peso, executar treinos mais produtivos e praticar qualquer esporte com mais agilidade sem correr o risco de sofrer lesões. E a frase: “um corpo instável é um corpo mais fraco”, sempre me assustou, ainda mais pensando na vida. Então como ter equilíbrio?

Sempre vejo a bíblia como uma grande referencia nesses momentos. Leia: “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim. E o Deus da paz estará com vocês.” (Filipenses 4:8, 9 NVI).

Não estaria aqui relatados pontos de equilíbrio? Dicas para ter equilíbrio num momento de tantos terremotos? Espero que como eu você também busque aprender mais como ter equilíbrio, praticar um esporte, se alimentar melhor, mas sobre tudo ter uma experiência real com Deus.

Sim, Deus o único que pode nos dar equilíbrio.

Adriano Vargas#equilíbrio
leia mais

O Peixinho dourado

Dias atrás recebi um SMS de uma jovem que estava muito abalada com o término de seu namoro. Semanas antes eu perguntara como estavam as coisas e ela, muito feliz, me disse: “Muito bom, estou super feliz, este é para casar”. Semanas depois o namoro terminara. Como foi difícil falar-lhe naquele momento! Acabara aquilo que ela achava ser perfeito.

Para muitas coisas que nos acontecem não encontramos explicação, mas, em muitos casos, o que está acontecendo é Deus agindo em nosso favor.  Gosto de uma frase que diz que Deus altera o nosso roteiro para que escapemos das ciladas do inimigo. Deus nos diz: “Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito; pensamentos de paz… para vos dar o fim que esperais” (Jeremias 29:11). Todos querem o melhor, mas apenas Deus pode nos conceder, isto porque Ele conhece o fim desde o princípio (Isaías 46:10). Muitos agem como se fossem um peixinho de aquário que fica infeliz ao não conseguir mudar do seu aquário para um maior. Se desesperam, sem enxergar um oceano que está mais adiante.

É vital confiar nos planos do Eterno, pois Ele não criou você para ser um peixe de aquário, Ele o criou para nadar seguro e tranquilo em Seu vasto oceano. Portanto, não fique triste ou abatido se o seu “aquário” quebrar ou se não conseguir um aquário maior, espere e confie, muito em breve você nadará nas águas tranquilas e seguras do oceano de Deus.

Gelson de Almeida Jr.O Peixinho dourado
leia mais

Progresso

Segundo o calendário oficial de nosso país, hoje é o “Dia Nacional do Progresso”. A palavra progresso é de origem latina e é a junção da preposição “pro” (pra frente) e “gressus” (passo, movimento), progresso é um passo ou movimento que nos impulsiona para frente. Sendo assim, você pode afirmar que sua vida está em franco progresso?

Quando o povo hebreu saiu do Egito, em direção à Terra Prometida, viu-se num situação incômoda, atrás vinha faraó, com o melhor do seu exército, pelos lados, barreiras naturais e à frente o Mar Vermelho. Num misto de pânico e revolta, eles questionaram Moisés, que, por sua vez, dirigiu-se a Deus que, numa linguagem muito simples, disse que fossem em frente (Êxodo 14:15), após anos como escravos era necessário que aprendessem sobre como ocorre o progresso. Em meio ao medo e desconfiança olharam para frente e caminharam, ao assim proceder conheceram o Deus do impossível, que abriu uma passagem em meio ao mar para que seguissem seu caminho.

Diariamente Cristo nos convida para ir até Ele (Mateus 11: 28), se o fizermos estaremos progredindo, pois o verdadeiro progresso só ocorre quando caminhamos em direção do Eterno. tempestade, provas, lutas e aflições poderão vir, mas apenas creia, confie e dê um passo de cada vez, não pare nem retroceda jamais, pois o Deus do progresso aguarda por você no final do caminho.

Gelson de Almeida Jr.Progresso
leia mais

Força na Fraqueza

“Minha graça te basta”

O atual cenário da economia mundial leva as empresas a reduzirem cada vez mais os seus custos e este corte é usualmente feito através de redução do quadro pessoal. Logo, os funcionários que ficam acumulam cada vez mais trabalho. Não é muito diferente para os profissionais liberais, que dependem do próprio esforço para tirar o seu sustento: mais e mais horas trabalhadas.

Infelizmente, esta não é a maior das preocupações. Como se não bastasse as desventuras profissionais, ainda enfrentamos diversos desafios pessoais. Quão difícil é esta situação para aqueles que têm um problema de saúde ou amam um parente ou amigo desenganado.

Desta forma, o estresse físico e mental parece insuportável, o fardo cada vez mais pesado. Nesta hora, clamamos a Deus e parece não haver resposta. E então, como agir? Em qualquer escola ou faculdade, na hora dos exames, os professores se calam. Se Deus aparenta estar em silêncio, confie que Ele está lhe testando justamente porque sabe que você está pronto para a prova.

Confie. Deus nos revela em 2 Coríntios 12:9: “Minha graça lhe é suficiente, pois, onde existe fraqueza, Meu poder é revelado de modo mais completo”. Não esmoreça diante das adversidades, não desista de Deus. Lembre-se que é na sua fraqueza que Ele lhe mostrará Seu poder. Não de qualquer maneira, mas de modo mais completo.

ComunicaçãoForça na Fraqueza
leia mais