Publicações com Escolhas

# Seja Feliz !!!

O apóstolo Tiago inicia sua carta dando conta da verdade sobre as provas e tentações desta vida. Cumpre-nos dizer que o diferencial para todo cristão é a fé em Deus, e em Sua obra de redenção realizada por Jesus. E é por intermédio desse diferencial que Tiago nos revela a sabedoria para vivermos o tempo que temos sobre a terra.

O Mestre ensinou que neste mundo teríamos aflições, mas que mantivéssemos o ânimo, a fé, pois Ele que vencera o mundo estaria conosco todo o tempo. Tiago a esse assunto reporta ao início de sua carta. Diz ele: “Tende por motivo de alegria passardes por provações, sabendo que a prova da fé desenvolve a perseverança”. E completa, ao dizer que a perseverança deve terminar a obra, para que sejamos maduros e completos, não tendo falta de coisa alguma.

Muitas vezes nos apresentamos ao mundo cheios de dúvidas, lamentações, não sabendo como agir diante das provações, ou mesmo de simples decisões a serem tomadas ao longo da vida. Os conceitos do mundo são tão convincentes que nos impelem a pensarmos segundo os padrões humanos, e não como filhos de Deus que somos, gerados pela palavra da verdade para sermos as primícias das Suas criaturas, conforme relata o apóstolo. Escreveu ele ainda, que a verdadeira religião é também mantermo-nos incontaminados pelo mundo.

O que diz o mundo o que seja ser feliz? Fama? Dinheiro? Todos nós passamos como a erva que é lançada para ser queimada. Ser feliz é possível quando reconhecemos a necessidade de nos despirmos dos conceitos mundanos, estes que por vezes nos obscurecem a sabedoria. Suas decisões estão em conformidade com as lições do Pai? Então siga sua vida em paz, realizando aquilo que de fato te faça feliz, sem importar-se com padrões e conceitos mundanos para o que seja ser feliz.

Se nos deixarmos ser lançados de um lado a outro como a onda do mar, vacilantes, em busca do que pareça ser o reflexo da felicidade, o tempo passará e não a conheceremos. A felicidade que o espera, pode estar no fato de se despir de velhos conceitos. Não confunda conceitos morais, ensinados pelo mundo, com os conceitos que se tornam sem sentido quando se conhece a verdade. O que importa é que seus conceitos sejam confrontados com a Palavra de Deus.

Em tudo devemos submeter nossa vida a Deus, pois nem uma folha cai sem que o Pai o permita, por isso importa que tenhamos uma vida dependente e obediente aos preceitos divinos, pois só assim atingimos o verdadeiro equilíbrio que nos traduz felicidade. Dizemos sempre, parafraseando versos do referido apóstolo, hoje iremos a tal cidade, negociaremos e ganharemos. Ora, não sabemos o que acontecerá amanhã. O que é a vida? Pergunta Tiago. Ele mesmo responde: Um vapor que aparece e logo desvanece.

Que a verdadeira felicidade, traduzida pelo conhecimento da verdade, que nos ensina que há um só Deus, e que há uma promessa de felicidade eterna, não dependendo de nada que o mundo conceitue, possa, enfim, ser encontrada por todos.

Shabbat Shalom.

Sadi – Um Peregrino da Palavra.

Sady Folch# Seja Feliz !!!
leia mais

#Equinócio

Hoje ocorre o equinócio da primavera no Hemisfério Norte e do outono no Hemisfério Sul. É o dia em que, pela inclinação do eixo terrestre, dia e a noite tem duração idêntica, pois os dois hemisférios recebem a mesma quantidade de luz solar. Está previsto para daqui a algum tempo, sem data conhecida, a ocorrência de um fenômeno espetacular, pois o sol, como hoje o conhecemos, deixará de ter sua função de conceder luz e calor.

Antes que você pense que fiquei louco quero afirmar que retransmito a profecia feita por João, que afirmou que, num dado momento da história da Humanidade, não precisaremos mais do sol e da lua , pois o Eterno será nossa fonte de Luz e Energia (Apocalipse 21:23 e 24). A paz e a harmonia dominarão o Universo, pois todas as criaturas, alegremente se sujeitarão à vontade do Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Para os místicos hoje é um dia de muita reflexão, pois em sua configuração os astros promoverão uma série de transformações, para os astrônomos é dia da ocorrência de mais um fenômeno e para você o que ele é? Mais um dia em sua vida ou é “O Dia”? Nos versos que antecedem a profecia citada acima João descreve a Cidade Santa, onde o Eterno será o Sol, a Lua e estará em pessoa ao lado dos que forem fiéis a Ele. Suas escolhas de hoje poderão habilitá-lo ou afastá-lo desta cidade. Ninguém poderá decidir por você, é sua decisão, pessoal e intransferível. Escolha certo e a cidade será sua.

Gelson De Almeida Jr.#Equinócio
leia mais

# Imagem e semelhança

Depois que o conclave da Igreja Católica escolheu seu novo papa, tenho ouvido opiniões diversas a respeito de Francisco I, ou como ele próprio prefere ser chamado, Francisco. Segundo as reportagens realizadas, aqueles que conviveram com ele durante sua vida eclesiástica, e mesmo o rebanho portenho, todos afirmam que sua principal característica é a simplicidade diante das necessidades materiais, tendo estado, inclusive, sempre muito próximo ao povo a fim de conhecer suas necessidades. Segundo consta, também a humildade o define, pois entende ele ser esta uma particularidade marcante de Cristo, e dessa forma tem buscado ao longo de sua vida entender e viver o ministério e a salvação revelados pelo Mestre.

As opiniões que não têm se mostrado muito positivas tendem a um julgamento externo, por meio de valores que nada representam para a vida voltada a Cristo. Mesmo obedecendo a alguns limites que lhe são impostos pelo cargo de ser o bispo de Roma, as primeiras decisões que ele tomou para manter a coerência com seus hábitos simples que sempre cultivou, a exemplo do momento em que dispensou as vestes talares usadas para a sua apresentação ao povo, ou mesmo o crucifixo de ouro e a limusine papal, em favor de substitutos mais simples, foi para alguns algo que não agradou, pois acreditam que sejam heranças centenárias, verdadeiros tesouros que devem ser mantidos pelo que representam.

Trago este contexto a lume não para aprovar ou desaprovar as atitudes que dizem ao seu respeito, pois só Deus conhece o coração do homem e suas intenções, mas o faço para ressaltar uma passagem de Paulo, utilizada nestes dias pelo pastor Fabiano Mendes ao endereçar-nos um chamado que, mesmo simples e com poucas palavras, creio se tornou alimento e meditação profundos para a igreja esta semana. Escreveu ele que ao observar as pessoas em nossa comunidade e perceber suas buscas por respostas, isso o fez entender a necessidade que teve o apóstolo Paulo quando advertiu aos primeiros convertidos de que somos todos vasos de barro, sem nada de especial em nós mesmos. Ou seja, nada podemos, somos ou entendemos sem a presença das mãos do Oleiro em nós.

A dependência do poder de Deus em nós é o que nos constitui a cada dia mais conscientes da obra feita em nosso favor, qual seja a salvação por meio da cruz de Cristo, tanto quanto é ela que nos conduz à transformação da mente e espírito para a realidade do reino de Deus, e o percurso que nos leva até Ele. Hoje não é apenas a igreja de Roma que vive dependente do poder mundano que criou em torno de si, a ponto de se assustar quando seu dirigente resolve ser mais parecido a Cristo. Também protestantes e evangélicos têm se mostrado pendentes a esperar por um poder que está diametralmente distante da cruz de nosso Senhor e Salvador.

O mundo exerce um poder bastante manipulador, e que não poucas vezes nos confunde, ainda mais dentro das igrejas com suas doutrinas de homens que tornam a verdade em sofismas, e por isso, como bem afirmou o pastor Fabiano em sua chamada à realidade do que seja existirmos como igreja (corpo de Cristo), o cristianismo vive debaixo de uma crise, que a meu ver, diria ser quase institucional.

Para entendermos as respostas que buscamos, ou atingirmos a consciência do que seja viver o agora com Jesus como único intercessor entre nós e o Pai, a fim de atingirmos o alvo que é a nossa salvação pela eternidade, coisas simples precisam ser feitas. Ler, meditar e se deixar transformar apenas pela Palavra de Deus, e orar; orar sempre por meio da Palavra para que mediante a dependência e a obediência a Deus, sejamos transformados em Seus vasos de honra, a conterem mais do que todo ouro e joias de reis e príncipes que se foram um dia; mas, a conterem a certeza da eternidade com o Pai e todo seu reino.

Shabbat Shalom

Ṣadi – Um Peregrino da Palavra

Sady Folch# Imagem e semelhança
leia mais

# Mulher virtuosa

Ainda que mereçam homenagens em todos os dias do ano, nesta sexta foi comemorado no mundo inteiro o dia internacional da mulher. Mulheres casadas ou simplesmente as que entregam sua vida às causas humanitárias, religiosas e mesmo científicas, fazendo da humanidade a sua família, sejam elas quais forem, uma coisa é certa, elas merecem todo o respeito como ser humano que são, exclusivamente pelo notório e intrigante conjunto de delicadeza e força que apresentam em seu comportamento.

Os especialistas em convívio familiar comentam que os casais devem conhecer sobre as diferenças de comportamento entre homens e mulheres, objetivando o aperfeiçoamento e o equilíbrio da convivência. Considero-me um marido feliz, bem casado, e amo muito minha mulher, mas isso não termina aí, pois reconheço que ela precisa sentir o mesmo que eu, ainda que os padrões de comportamento e percepção sejam diferentes entre os gêneros.

As mulheres sempre foram importantes colunas de sustentação da vida em sociedade. Contudo, sabe-se que muitos levam em conta que os homens foram os personagens principais na história. Parece-me prematuro afirmar isso com tanta intensidade, pois gostaria de presenciar que tipo de autonomia nós, maridos teríamos sem que elas estivessem no controle da família.

É por isso que se diz que ambos se completam. E por isso o próprio Deus quando a criou, dizem as escrituras, a colocou diante do homem, e não atrás dele. (Gen.2:18). O certo é que as mulheres ao longo de milênios ao terem um contato mais íntimo com a família, com os filhos e com a própria administração da casa, obtiveram uma visão mais ampla do que representa esse contexto quanto ao verdadeiro significado da vida.

Elas têm maneiras de sentir o mundo que estão um pouco além do que o homem seja capaz de identificar ou entender. Há exceções, é óbvio. Contudo, as ocupações masculinas em geral, por estarem basicamente no plano da razão, tornam sua visão sensorial em relação à vida um pouco mais limitada. Com a simplicidade de um gesto de carinho, por exemplo, os homens muitas vezes não entendem que podem transformar e fazer toda a diferença em seu matrimônio.

As mulheres ao seu turno têm uma linguagem que nasce de uma percepção distinta, talvez por isso o salmista diga – quanto ao dia de amanhã, elas não têm preocupações – pois, ao tratar de sua família no dia de hoje, ela vislumbra mais do que a garantia do aspecto financeiro conseguido pelo marido, mas, a certeza de que a segurança de seus atos são firmes o bastante não só para que a família siga em harmonia, mas, sobretudo para agirem e se manterem em equilíbrio caso a adversidade venha a surgir.

Não à toa elas hoje se sobressaem em trabalhos que antes eram realizados apenas pelos homens, afinal, foram milênios de formação nos bastidores, muitas vezes caladas, mas, sobretudo analisando as situações da vida e chegando à conclusões equilibradas. Não à toa a bíblia registra mulheres maravilhosas, virtuosas, que fizeram a diferença.

Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de finas jóias. A força e a dignidade são os seus vestidos, e, quanto ao dia de amanhã, não tem preocupações. Fala com sabedoria, e a instrução da bondade está na sua língua. Atende ao bom andamento da sua casa e não come o pão da preguiça. (Provérbios 31:10-31)

Shabbat Shalom!

Sadi – Peregrino da Palavra

Sady Folch# Mulher virtuosa
leia mais

# Os caminhos que edificam

Ontem eu escrevia nesta página sobre como algumas descobertas tecnológicas mais distraem do que propriamente edificam. Não sou contra a tecnologia, e como um homem do meu tempo, reconheço a utilidade de centenas de seus subprodutos como o resultado da inteligência, da observação do meio ambiente e do raciocínio humano, estes que são fruto de outra tecnologia, chamada DNA, atribuída a um cientista qual nenhum outro será capaz de igualar.

Contudo, tenho também buscado ser um homem de meu tempo, muito mais pelo que reconheço nele uma época bem distinta do passado, no que concerne, especialmente, à ausência do amor a Deus. Tudo a nossa volta parece distanciar da verdadeira adoração até mesmo aos que se confessam crentes. É preciso estar mais atento do que nunca, pois é um tempo em que a independência é uma marca que registra sob seus domínios inclusive os nossos filhos, convencendo-os de que possam decidir por si mesmos, isentos da total convivência ou aceitação de Deus. Imagine a geração de adultos que deles advirá.

Pelo sermão na manhã deste sábado na Nova Semente pude refletir o quão importante sabermos exatamente como aproveitarmos a vida com Cristo, conscientes de quem Ele é e compreendendo o que Ele quer de nós. O sermão ressaltou o quanto nossas orações têm base em preocupações materiais, testemunho este que muitas vezes traduzem a falta de intimidade com o Criador.

E de que forma se pode ter intimidade com Deus? Pela oração? Sim, boa a resposta, mas, como nos ensinou o pastor na palestra do programa Viva, ocorrido na parte da tarde, melhor oramos se conhecemos a Sua Palavra. Por ela sabemos que Deus é amor, e compreendemos o que Ele quer de nós. Sabe-se que obediência e dependência são dois aspectos básicos para estar em consonância com o Pai, mas há algo primordial que dá base a esses comportamentos. O nosso amor por Ele. Deus quer o nosso amor.   E ainda a citar o pastor na parte da tarde: “Se você ignora a Palavra de Deus, por que Ele tem que prestar atenção a sua oração?

Pois bem, após assistir aos cultos sai para jantar e ao voltar encontrei com o porteiro do prédio onde moro, e lhe perguntei em que verso da Palavra estava meditando. Assim ele me disse: “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais infelizes de todos os homens” (1 Cor. 15:19). Deixo-o você, leitor, com esta frase. Leia e medite seu contexto. E mais ainda nas pregações desta linda manhã e tarde de sábado. Basta acessar o site. Coisa da tecnologia que edifica.

E sem esquecer do assunto com que iniciei os textos desta semana, considero aqui em especial ressaltar a biotecnologia, tema que foi de minha dissertação na pós-graduação, pelo tanto que lhe requer a postura ética. E assim, é com orgulho que cito dois adventistas que trabalham na área médica de ponta da genética e da biotecnologia. Esses homens são para mim um testemunho sério e comprometido de seu amor a Deus; trata-se do Dr. Antônio Moron e do Dr. Jea Myung Yoo, cientistas médicos de renome entre seus pares, e que mais do que terem uma postura ética, pregam o seu amor incondicional ao Criador. Não é a toa que a tecnologia utilizada por eles edifica.

Shalom Aleichem!

adiUm Peregrino da Palavra

Sady Folch# Os caminhos que edificam
leia mais

# Gepetos e seus desejos…

Esta semana o jornal nacional noticiou uma experiência em que ratos puderam receber sinais eletrônicos do cérebro de outro rato, e assim entendendo os comandos executados por um deles, o outro realizava a mesma ação, tendo uma performance de mais de 70% de acerto. Afirma o cientista que no futuro a comunicação de cérebro para cérebro será uma realidade. Não se trata de ler os pensamentos dos outros, mas de enviar e receber os pensamentos. Dizem que será o futuro da internet nas futuras décadas…hã hãm…

Cientistas, sempre os cientistas. Outros desses estudiosos há poucos dias exumaram os restos mortais do imperador Dom Pedro I para que um programa de computador recrie os traços físicos quando da época em que era vivo, e em seguida, também mediante outra tecnologia, possam inclusive reproduzir a sua verdadeira voz, e com isso criarão um holograma para que sua majestade recepcione os visitantes que adentrarem ao museu do Ipiranga.

Animais são clonados ao redor do planeta a todo instante. E como esse caminho já foi interrompido, o passo para clonar humanos é uma questão de encontrar a justificativa perfeita diante de um estado de necessidade. É impressionante o número de pessoas que passou a viver a vida de forma distorcida apenas por conta da tecnologia. Basta ver os milhares de fãs japoneses enlouquecidos pela cantora virtual, Hatsune Miku. A empresa que criou a imagem que interage no palco como se fosse artista de carne e osso, não revela que tecnologia usou para criá-la. E não é um holograma.

Diante de tantos meios tecnológicos inimagináveis até há pouco tempo, não seria surpresa se aquele que deseja ser adorado como Deus, de alguns deles lançasse mão para enganar até mesmo os escolhidos, quando o tempo predito pelas escrituras chegar.

Fico pensando qual será a cara dessa gente que se recusa a acreditar na existência de Deus, quando puderem ver com seus próprios olhos Jesus surgir nos céus. Será a única vez em que todo homem terá a possibilidade de se certificar quem de fato sabe o que seja criar tecnologia para a vida. Para muitos desses homens será uma pena, pois o que lhes restará será amaldiçoar os dias em que se encantavam e acreditavam apenas nas coisas passageiras, para não dizer fantasiosas.

Shabbat Shalom !

 Ṣadi – Um Peregrino da Palavra

Sady Folch# Gepetos e seus desejos…
leia mais

# Uma Vida com Sentido

Aproveito a deixa do pastor sobre a necessidade dos pais, membros da igreja adventista, em proporcionarem aos seus filhos a oportunidade de participarem do Clube dos Desbravadores, para mencionar algumas ideias sobre saúde e alimentação. O Clube dos desbravadores é uma perfeita extensão da boa formação que já acontece na igreja, pois reitera não apenas os princípios cristãos ensinados nos cultos e em casa, mas também ao desenvolver suas atividades, ensina-os o convívio em grupo e o respeito a ele inerente, sem dizer que esclarece desde cedo as benesses dos princípios de saúde às nossas crianças, adultos que serão daqui a quinze, vinte anos.

É como diz a passagem bíblica. “Ensina a criança o bom caminho que deve andar, e mesmo quando for velho não se desviará dele” (Prov.22:6). Há um documentário na internet chamado “muito além do peso”. Nele se retrata os hábitos alimentares das crianças brasileiras. É bastante esclarecedor; para não dizer aterrorizante. E de fato esta é a palavra mais certa que resume o quadro vivido pela geração que irá renovar a sociedade com novas famílias e novos profissionais daqui a dezoito, vinte anos.

Entre as crianças entrevistadas em meio ao panorama do recreio, todas sem exceção comiam uma sacola de biscoitos ou bolos processados, acompanhados de achocolatados ou sucos de caixinha. E segundo elas mesmas, seria uma vergonha comer uma fruta na hora do recreio, pois seriam diferentes de todos à sua volta, e criança nenhuma quer passar por isso. Nem preciso dizer que as mais obesas sentem-se cansadas na hora da educação física.

O resultado parcial disso, enganoso em todo o contexto, é uma população adulta convencida pelos alimentos industrializados. O resultado são crianças cansadas ao mínimo esforço que façam. Moral da história acaba na preferência de dez em dez crianças do mundo, por ficarem 5 horas em frente da televisão. Apertar um botão em jogos eletrônicos em um quarto fechado, acompanhado de um saco de batatas fritas e refrigerante parece ser o paraíso de muitas delas.

Enfim, é a sociedade em que vivemos, e estamos no mundo, mas lembremos sempre, não somos do mundo, e podemos e devemos nos transformar, e aos nossos filhos, pela renovação de nossa mente, para conhecermos qual a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.

Princípios de saúde adventistas tais como – ar puro; luz solar; descanso; exercício físico; ingestão de água e alimentação apropriada são práticas que todos devem buscar para estarem bem física e espiritualmente. E são estas algumas das práticas ensinadas às crianças no Clube dos Desbravadores.

Por isso, pais, vocês que têm filhos pequenos, não deixem de seguir o bom exemplo dos pastores da Nova Semente, e neste domingo, assim como no próximo, às 9 da manhã, se dirijam à sede da Central Paulistana na Rua Taguá, no bairro da Liberdade, e conheçam mais sobre o que seus filhos poderão aprender no Clube dos Desbravadores para se tornarem adultos saudáveis, e assim não terem que um dia darem a resposta que deu uma das crianças entrevistadas no documentário acima mencionado.

Ao ser questionada se lhe faltava alguma coisa em sua vida, a criança de dez, onze anos, pertencente à classe média, com um saco de biscoitos na mão, respondeu: Falta sentido!

Shalom Aleichem!

 adi – Um Peregrino da Palavra

Sady Folch# Uma Vida com Sentido
leia mais

# A sabedoria da Palavra

Só mesmo a sabedoria da Palavra, que nos diz como posicionar as velas em proveito dos ventos, a fim de navegarmos com firmeza em meio às tempestades que nos golpeiam, tornar-nos-á reconhecidamente vencedores, fazendo-nos surgir incólumes pela transparência que nos permitirá navegar as águas tranquilas. 

Shabbat Shalom!

adi – Um Peregrino da Palavra

Sady Folch# A sabedoria da Palavra
leia mais

# Falar com Deus

Quem assistiu a pregação da manhã deste sábado, proferida pelo pastor Felipe Tonasso, deparou-se com uma das maiores lições de cristianismo, oração e conversão. Dizia ele sobre nossas orações e pedidos a Deus, que costumeiramente podem estar revestidos de materialidade, efemeridade, sem falar em orgulho, vaidade e total falta de intimidade com a vontade de Deus. A resposta a tais “intimidades” que cremos ter, pode vir por meio de uma inevitável pergunta, tal como, O que você deseja de fato fazer com esse pedido, é me honrar? Você me conhece? Sabe quem Eu sou? Sabe o que pretendo para você? Por que quer saber mais sobre você mesmo, se nem conhece a mim? Filho, a quanto tempo você não fica comigo?

Estas perguntas mexeram muito comigo, pois elas demonstram o real nível de conhecimento e intimidade com Deus, à maneira que Cristo costumava testemunhar – Eu estou no Pai, e o Pai está em mim. E isso não é tão simples de colocar-se em prática. Requer muito daquilo que Paulo dizia: Não sou eu mais quem vive, mas Cristo vive em mim. No capítulo 14 de João, Jesus ensinava aos discípulos que tudo que pedíssemos ao Pai em nome dele nós seríamos atendidos. Contudo, qual é a essência desses pedidos, levando em conta que o Pai conhece tudo de que necessitamos? No verso anterior a essa afirmação, Jesus dizia que se crêssemos nele, faríamos as obras que ele fez, e maiores ainda. Veja. Aqui está a essência dos pedidos que devemos endereçar a Deus,  testemunho de dependência e de obediência.

Ao longo desta semana eu li algumas vezes o capítulo 17 do evangelho de João, e a passagem é linda, pois retrata a oração que Jesus faz ao Pai na presença de seus discípulos, onde naquele momento Ele roga por si próprio, depois pelos discípulos, para enfim, pedir por aqueles que acreditariam nele por intermédio da Palavra. E nessa conversa com o Pai, nos revela três dos conhecimentos mais importantes para a vida cristã – a vida eterna, a verdade e o testemunho da fé, para que alcancemos a unidade com Cristo e o Pai, que são um.

Cristo na passagem citada, ao conversar com Deus fala do poder que Ele recebeu a fim de dar-nos a vida eterna. E explica – A vida eterna é esta: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.  E em seguida, ao rogar pelos discípulos, Ele afirma: Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. E ao rogar por toda a humanidade que haveria de crer nele pela Palavra, justifica: Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti.

Não é exatamente o caminho que ouvimos maravilhados na manhã deste sábado? Afinal, se a busca do cristão é a vida eterna, Cristo nos revela que para entendê-la devemos conhecer ao Pai em sua completude, assim como ao Filho. Se devemos santificar-nos para compreendermos a essa busca, isso só pode ser chancelado pelo Pai por meio da verdade, que é exatamente a Palavra, e que segundo João 1, Cristo é a Palavra no início de tudo, e, segundo João 14, Cristo é a verdade. E por fim, é o nosso melhor pedido ao Pai que Ele nos dê a fé, dom de Deus, para que possamos nos entregar ao novo nascimento, e assim a Palavra possa viver em nós, e sermos perfeitos em unidade com o Pai.

Shalom Aleichem!

adi – Um Peregrino da Palavra.

Sady Folch# Falar com Deus
leia mais

#Regras da masculinidade

Eu gosto de listas, elas sempre me ajudam a organizar meus pensamentos, aqui faz um tempinho que não coloco uma (última foi no meu primeiro post, em 04 de Junho – Simples coisas da Incríveis da vida). Mas hoje vai mais uma…Os tempos mudam, algumas coisas permanecem as mesmas, outras já desaparecem etc. Hoje num tempo de tantos debates sobre gênero sempre vai aparecer um ogro querendo ditar um código de conduta que mostre sua masculinidade brucutu… É claro que pelo principio bíblico sabemos muito bem “o que é ser homem aos olhos de nosso Criador“. Nesta última semana tivemos como Comunidade uma grande oportunidade de rever tais conceitos de uma forma intrigante e irreverente através da Guerra dos Sexos (Semana de palestras sobre sexualidade em Cantares). Mas penso que nós não precisamos estar toda hora provando masculinidade, caras de boa com sua personalidade NÃO são obrigados a … encher a cara para curtir a vida loca
… casar
… ser infiéis
… entender de bebidas
… tomar a iniciativa sempre
… falar na gíria
… pular carnaval na Bahia, no Rio ou qualquer lugar
… ter filhos
… gostar de futebol
… dizer “eu te amo” a todo momento
… usar drogas
… ter Facebook
… não acreditar em Deus
… ser alegre o tempo inteiro
… gostar de praia
… entrar na briga
… odiar a sogra
… saber fazer churrasco
… ter tatuagem
… ficar se justificando por tudo e toda hora
… gostar de luta
E a lista continua
Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortalecei-vos. Todas as vossas coisas sejam feitas com amor.” (1 Coríntios 16:13-14)
Adriano Vargas#Regras da masculinidade
leia mais