Últimas Publicações

#vida no campo

É agitável morar no campo…pensei que não diria isso, mas sempre está acontecendo alguma coisa aqui. Por exemplo, enquanto estou sentado aqui no iPad, escrevendo, tudo é silencio, a noite esta escura e no céu muitas estrelas e um pássaro corta o céu ainda cantando.
Olha pela janela e fica só escutando, os sons do campo, do outro lado da rua. Grilos, um cachorro teimoso, pássaros e um vento silencioso.
E tudo acontecendo numa noite de luar, as o sol mal se pôs no horizonte e ainda é claro. Os pássaros começaram cedo esta noite, penso. Por que será? Ainda há muitos segredos a serem descoberto nesta minha vida no campo…
Em meus primeiros anos seis anos de vida, antes de ter mais um irmão, sempre íamos para o campo na casa de meus tios, até não havia passado pelas experiências que ocorrem naturalmente na vida rural, mas havia visto animais na televisão, claro!
Anos depois, volto para o campo! Mas vejam, tomemos por exemplo o gato. Antes o que conhecia do luar, dos pássaros, do silencio estavam baseados em gravuras, em programas da National Geografic. Hoje, olha pela janela e vejo animais que nem sei o nome, ouço sons que nem posso descrever, afinal esse silencio do campo é indescritivo, mesmo. E chama minha esposa, e pergunto: “Amor, olhe! que bicho é esse?”.
Mesmo que tudo pareça igual aos lugares rurais que vivi na infância, ou assisti zapiando na tv, e presença de pássaro a meia noite no meu pátio, aqui isso é normal…
Pensando nisso, vejo que seria maravilhoso se sempre tivéssemos o senso de admiração e aventura que surge quando se vê alguma coisa selvagem e rural pela primeira vez. Os animais aqui em casa estão se regozijando nessa noite. Obrigado, Senhor por me dar essas aventuras…
“Ruja o mar e todas as criaturas que nele vivem. Alegrem-se os campos e tudo o que há neles.”
I Crônicas 16:32

Adriano Vargas#vida no campo

Artigos Relacionados