Últimas Publicações

Virá Jesus em breve?

ampulheta

Quando se fala do retorno de Cristo à Terra, ou no cumprimento de qualquer promessa divina, comumente encontramos dois tipos de reação, os que acreditam e procuram viver à altura da promessa e os que duvidam ou zombam. Mas será que o Eterno é tardio em cumprir o que promete ou nós é que somos ansiosos demais?

Falando acerca do retorno de Cristo à Terra o apóstolo Pedro afirmou que deveríamos ter bem claro em nossa mente que “(…) um dia para o Senhor é como mil anos…” (I Pedro 3:8), sendo assim, qualquer desconfiança ou afirmação de que o Eterno está demorando cai por terra.

Vejamos como ficaria parte da História bíblica se analisada pela ótica divina (contagem de tempo aproximada):

  • Há pouco mais de 6 dias Ele criou nosso planeta e aqui colocou Adão e Eva.
  • Menos de dois dias depois, quando a maldade e a desobediência eram a marca registrada dos seres humanos, Ele interviu e recomeçou tudo com 8 pessoas.
  • Cerca de 10 horas mais tarde fez um pacto com Abraão para que fosse o iniciador de um povo que lhe fosse fiel.
  • Devido à sua desobediência, os descendentes de Abraão passaram pouco mais de 10 horas e 19 minutos cativos no Egito, até que saíram, liderados por Moisés.
  • Cerca de 1 dia, 1 hora e 48 minutos mais tarde o preço do pecado foi pago pelo Filho na cruz.
  • Há 1 dia, 23 horas e 57 minutos o Filho, antes de retornar aos Céus, para interceder por você e eu, prometeu que voltaria.

Repito a pergunta, é o Eterno que demora ou nós que avaliamos Suas promessas através da ótica humana e nos tornamos cada vez mais impacientes e desconfiados? Pedro afirma que o Senhor não retarda a sua promessa, mesmo que a tenhamos por tardia (II Pedro 3:9).

Portanto, quando avaliar alguma promessa divina, ou fizer-Lhe um pedido, não se desespere se demorar, o Seu tempo é diferente do nosso. Daqui instantes Cristo voltará para buscar Seus filhos fiéis, a contagem de tempo é dEle, o preparo é nosso.

Gelson De Almeida Jr.Virá Jesus em breve?

Artigos Relacionados