-

É fácil se salvar?

Eis aí uma pergunta importante. Para todos que crêem que as coisas não terminam quando damos o último suspiro nessa terra, nada pode ser pior do que perder-se. O destino de toda uma eternidade está em jogo. E então? A salvação é fácil ou difícil? Vamos à Bíblia.

Ela descreve os salvos, lá na glória, como pessoas vestidas de branco imaculado, sem qualquer defeito. E nem se pense que a referência é ao fenômeno da glorificação, pela qual num piscar de olhos nossos corpos se transformarão, porque eles lavam suas vestes no sangue do Cordeiro e passam por uma grande tribulação. Portanto, é alguma coisa que acontece antes do apito final da batalha entre bem e mal que determina se eles podem ser considerados perfeitos.

A Bíblia fala que a vida eterna é daqueles que buscam primeiramente o reino de Deus e que Ele pode ser encontrado por aqueles que O buscam de todo o coração. Primeiramente e todo são termos que não admitem nada menos que uma entrega total! Jesus abre os braços a todos mas adverte que santidade é mais do que não cometer atos pecaminosos. É verdade: odiar alguém já é a mesma coisa que homicídio, estimular o desejo por alguém que não é seu cônjuge já é adulterar. Ele diz que há salvação para pessoas dispostas a abrir mão de tudo se Ele o pedir, mesmo das relações familiares mais
próximas. Em suas parábolas compara os verdadeiros filhos de Deus a pessoas que vendem tudo para comprar uma única pérola, ou que cavam fundo numa rocha – tarefa árdua e que requer muito tempo – para construir sua casa.

É fácil se salvar?

Bom, não odiar, não desejar, cavar fundo, considerar tudo como refugo, não buscar absolutamente nada com mais afinco que a relação com Deus, tudo isso é humanamente muito difícil e portanto a
resposta à pergunta crucial teria de ser um sonoro não. A salvação, na verdade, não é apenas difícil, é impossível.

Mas essa é a perspectiva humana. Há uma outra. Se considerarmos que o Ser mais poderoso do Universo está profundamente interessado nisso, a resposta terá de ser sim. Para o que quer que seja, para a mais árdua tarefa, se eu tivesse que escolher um aliado optaria com certeza por Aquele que fez tudo e é capaz de qualquer coisa. Aquele que não conhece limites espaciais ou temporais e que também não é refém das leis físicas que criou. A figura do Cristo entregue para ser fustigado e morto não deixa dúvidas, Ele quer que sejamos salvos!

Assim, se os pressupostos para a salvação são colocados muito alto por Deus, se Ele quer que sejamos salvos, se Ele tem poder para fazer qualquer coisa, consigo responder à tal pergunta central de
outra forma: sim e não. É fácil se estou olhando para Ele. É impossível se minha vida é organizada de forma a somente encaixá-lO nas lacunas, nas frestas, nos espacinhos que sobram. Quando olho de
verdade para Ele, tudo o mais se coloca em perspectiva. Estou amparado por Aquele que pode fazer em mim as coisas mais impossíveis. A vitória, aí, é certa, e posso viver com a cabeça erguida e a euforia constante dos vitoriosos.

Marco Aurélio BrasilÉ fácil se salvar?