-

Temos um super-homem?

No livro de Hebreus 4:15 lemos: “Pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado. Hebreus 4:15

Ao estudar esse texto encontrei uma tradução interessante feita por J. B. Phillips, vejam:”Porque não temos um sumo sacerdote super-humano, para quem nossas fraquezas são inteligíveis – ele próprio já dividiu totalmente toda a nossa experiência de tentação, só que nunca pecou.

Parece que Paulo, autor de Hebreus, já sabia que um dia oraríamos assim: “Deus, é fácil daí de cima. O Senhor não sabe como tem sido difícil viver o dia a dia por aqui.” Por isso ele proclama, de forma corajosa, a habilidade do Cristo. Veja o que o texto diz. Foi “Ele próprio” e não um anjo, um embaixador ou emissário. Ele “dividiu totalmente” e não de forma parcial ou aproximada. De “toda a nossa experiência”. Das dores e sofrimentos. Do grande estresse e exaustão. Nada diferente disso. E por qual motivo? Para que pudesse entender a plenitude de todas as nossas fraquezas.

Uma das coisas que distingue a fé cristã de muitas outras é que o próprio Deus se identificou com nossas dificuldades e mazelas. Por causa disso, ele compreende tudo o que nos aflige e nos conforta na medida certa, não esqueça disso…

Adriano VargasTemos um super-homem?

Artigos Relacionados